11/03/2009

Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso

O Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso é um dos acontecimentos mais mediáticos a ter lugar no nosso concelho e vai este ano cumprir a sua 16ª edição. A sessão pública de apresentação do programa para este ano realizou-se há dias, na Câmara Municipal, onde foi divulgado que em Maio teremos por cá virtuosos da guitarra de paragens tão distantes como Austrália, Brasil, Itália, Polónia, Áustria e Uruguai, demonstrando uma vez mais que o nome de Santo Tirso já corre mundo graças ao elevadíssimo nível da aposta da autarquia na área cultural, que deve constituir um orgulho para todos nós. Uma ideia que ficou bem sintetizada nas palavras de Alexandre Reis, director artístico do Festival Internacional de Guitarra e director da ARTAVE – Escola Profissional Artística do Vale do Ave, para quem este evento, “de excelência”, continua a “privilegiar a qualidade musical”.
Entre as estrelas desta edição do FIGST estão o duo português Porquoi Pas e os brasileiros Sérgio & Odair Assad, mas a tendência deste ano é a actuação a solo, já que os restantes artistas convidados são solistas de guitarra de nível internacional: Tommy Emmanuel (Austrália), Aniello Desiderio (Itália), Bob Zabek (Áustria), Álvaro Pierri (Uruguai) e Adam Fulara (Polónia). À semelhança do que aconteceu em edições anteriores, o certame vai contar com sete concertos, um curso e um workshop, além de uma incursão pelas escolas do concelho, que permitirá aos estudantes um primeiro contacto com o mundo da música, e da guitarra em particular. O Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso teve início em 1994, e desde então tem sido realizado anualmente pela Câmara Municipal, com o apoio da ARTAVE. Na apresentação da edição deste ano, o presidente Castro Fernandes frisou que, apesar da crise de que tanto se fala, “a autarquia insiste na realização do festival”. Eu acho muito bem!

3 comentários:

Cândida Costa Reis disse...

Eu também acho muito bem!
Se não é a própria autarquia a incentivar e contribuir para a continuidade de actividades que enriquecem culturalmente o nosso munícipio, quem será?

Santo Tirso não é Cuba disse...

Castro Fernandes mandou José Graça candidatar-se pelo CDS-PP.

http://santotirsonaoecuba.blogspot.com/

Anónimo disse...

Refere o +Santo Tirso que tem uma "bomba" e que amanha divulga! Não é preciso, já é do dominio público que o CDS/PP amanha apresentará o Srº José Graça como candidato á Câmara. Será que alguém se espanta?? eu não! do Senhor José Graça tudo é possível...