31/01/2009

And the Oscar goes to...

Chegou o último dia do mês de Janeiro e, como prometido, o Santo Tirso 2009 entrega hoje os seus galardões relativos ao desempenho dos vários blogs do nosso concelho, tendo em conta a sua boa educação, e o modo como se preocuparam em debater com elevação os problemas de Santo Tirso. A escolha é pessoal, e será sempre criticável, mas procurámos ter sempre em conta a abordagem feita em cada espaço, recusando o recurso ao confronto directo, à ofensa e ao calão, e optámos antes por enaltecer e premiar a conduta leal, educada, fraterna e de interesse público. Assim, os três blogs que escolhemos para esta primeira edição dos Prémios Santo Tirso 2009 foram:

Santo Thyrso – Pela atenção permanente aos temas fortes da actualidade do concelho, pela palavra sempre gentil e educada, pela crítica sustentada (nunca a crítica pela mera crítica).

Santo Tirso Positivo – Muitos não terão sequer dado pela sua presença, e outros criticaram a sua postura pró-Câmara Municipal, mas a verdade é que este blog chegou em paz e assim continuou, passando a sua mensagem sem ruídos de fundo, sem quezílias e sem desrespeito pelos demais. Do nosso ponto de vista, é plenamente merecedor desta distinção.

+ Santo Tirso – Pela forma aguerrida como se impôs no universo dos blogs tirsenses, pela energia que passa nas suas mensagens, pelo excelente domínio do Português, e sobretudo pela forma estóica como tem aguentado as inacreditáveis pressões de que tem sido vítima. A sua identidade tornou-se quase uma questão de Estado, mas a Menina Tirsense é, do nosso ponto de vista, uma pessoa de bem que tem sido alvo de algumas injustiças e faltas de respeito. Lembrem-se, camaradas, que as mulheres devem ser sempre tratadas com educação, e tem faltado muito disso para com esta nossa amiga.

Menções honrosas
Cão Raivoso – Vila das Aves, Crónicas do Vale e Socióloga Avense

No final de Fevereiro há mais. Portem-se bem e continuem o bom trabalho. Obrigado a todos.

10 comentários:

Menina Tirsense disse...

Boa noite!

Depois de uma ausência de quase dois dias chego e dou de caras com este magnífico terceiro prémio (que tem sabor de primeiro, acredite). Muito, muito, muito obrigada pela sua gentileza e generosidade. Um beijinho

Observant disse...

Caro Santo Tirso 2009,

É com extrema satisfação que "recebemos" este 1º prémio.

Como diz, tentamos estar sempre atentos ao que se passa em Santo Tirso, e queremos falar de tudo um pouco: política, desporto, cultura, educação, saúde. Não temos um objectivo meramente político.

Criticamos tudo e todos. Critica positiva e negativa. Tentamos ser coerentes e explicar sempre o porquê do que dizemos.

Damos a nossa opinião. Esperamos que a respeitem, assim como nós respeitamos os comentários dos nossos leitores.

Mais uma vez obrigado pelo prémio. E parabéns pelas outras escolhas. Tanto o 2º como o 3º classificados são excelentes blogues.

Santo Tirso Positivo disse...

Bom dia, caro colega da blogosfera. Também agradecemos a honrosa distinção ao nosso blog, e o segundo lugar em Janeiro. Tudo faremos para continuarmos a ser merecedores dessa distinção, fazendo votos de que outros amigos possam seguir o nosso exemplo. Os meus parabéns também aos restantes galardoados. Muito obrigado a todos.

Anónimo disse...

UMA EXCELENTE RESPOSTA DA MENINA TIRSENSE. VEJAM AQUI:

https://www.blogger.com/comment.g?blogID=7519683016586208575&postID=849189872600885561

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Santo Tirso 2009 disse...

Pela primeira vez tive de apagar um comentário neste blog. Não vou permitir aqui as ofensas e trocas de insultos que vejo noutros blogs deste concelho. Por favor, queiram respeitar este espaço, ou serei obrigado a tolher-vos a liberdade e a activar também a moderação de comentários. Obrigado.

Santo Tirso não é Cuba disse...

Vejam as novidades!

Anónimo disse...

A DEBORAH

Vasco Graça Moura
Escritor

O Governo divulgou um pomposo documento intitulado "Políticas de Valorização do Primeiro Ciclo do Ensino Básico em Portugal", elaborado por cinco peritos ditos independentes.

O perito português foi nomeado subinspector-geral da Educação em 1.1.2007 e veio a ser nomeado presidente do Conselho Científico para a Avaliação de Professores em 1.11.2008. O CCAP existe na dependência directa do membro do Governo responsável pela área da educação (art.º 134 do DL 15/2007, de 19 de Janeiro). Parece pois tratar-se de um independente que, à data do documento (Dezembro de 2008), estava na dependência directa do Governo!

Este verdadeiro oxímoro dialéctico não impediu o PS, nem o Ministério da Educação, nem o primeiro-ministro (este em plena Assembleia) de garantirem a independência dos peritos.

Mas temos ainda a Deborah.

"A Deborah", assim ternurentamente tratada com a familiaridade dos grandes pelo primeiro- -ministro, como se viu na televisão, escreveu o prefácio. O PM chegou a afirmar no Parlamento que o relatório tinha sido assinado por ela.

A dama é chefe de divisão das Políticas de Educação e Formação da OCDE desde meados de 2007. É uma economista que não publicou até hoje, que se saiba, uma única linha sobre questões de educação a não ser o tal prefácio (ver a lista actualizada do que ela escreveu em http/econpapers.repec. org/RAS/pro105.htm).

Pois a Deborah prestou-se a vir a Lisboa armada em lavandisca promocional só para servir um objectivo do Governo socialista: o de fazer passar a ideia de que se tratava mesmo de um relatório da OCDE.

E diz muito ufana que a avaliação feita "segue de perto a metodologia e abordagem que a OCDE tem utilizado para avaliar as políticas educativas em muitos países membros ao longo dos anos". Vejamos.

Na pág. 26 informa-se que a avaliação teve por base um "relatório abrangente", preparado pelo próprio ministério, descrevendo as medidas e fornecendo muita informação e dados. "Foi estudado antes da visita de seis dias a Portugal de uma equipa internacional para entrevistar os principais actores educativos e visitar um pequeno número de escolas".

De págs. 87 e 88 deduz-se que, em 14 reuniões, os peritos se avistaram com 2 secretários de Estado, 4 elementos dos serviços centrais, 7 dos serviços regionais, 3 do IGE, 4 peritos, 3 coordenadores dos programas de formação contínua de professores, 3 elementos das associações profissionais de professores, 5 coordenadores de escolas do primeiro ciclo do meio urbano e outros 5 do meio rural, 3 membros da Confederação das Associações de Pais, 5 do Conselho das Escolas, 3 do Conselho Nacional de Educação, 4 dos sindicatos e 7 representantes das autoridades locais (Guimarães, Gondomar, Santo Tirso, Amadora, Ourique, Lisboa e Portimão, sendo que "só" seis destas sete autarquias são PS).

De derrear um cristão! Umas 57 pessoas, pelo menos, mais as deslocações e os encontros do Minho ao Algarve, 11 escolas, cinco direcções regionais, tudo isto numa lufa-lufa, tudo isto numa maratona esfalfante, tudo isto sem tempo para fazer chichi, tudo isto em seis dias, seis, num inglês dos intervenientes lusitanos, que se supõe mais ou menos pedestremente técnico, e num português dos quatro peritos estrangeiros, que não pode deixar de ser ágil e escorreitíssimo, para eles terem conseguido perceber e qualificar tanta coisa em tão pouco tempo.

Talvez por isso, a adjectivação seja bastantemente esbaforida: "ambição" e "rapidez" sem paralelo internacional, "ampla melhoria", "excelente relatório nacional" (o tal preparado pelo ministério), "impressionante conjunto de dados", "enorme sucesso" (p. 13), "visão política clara", "elevado conhecimento estratégico", "resposta corajosa e imaginativa" (p. 17), "desenvolvimentos impressionantes" (p. 18), "excelente modelo de formação contínua", "impressionante leque de informação" (p. 19), "liderança decisiva e visionária", "modelo admirável" (p. 44), "grande sucesso", "professores bastante entusiasmados" (p. 47), coisas assim.

Se é assim que a OCDE trabalha, estamos bem aviados! Resta saber quem é que intermediou toda esta batota e quanto é que ela custou.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Santo Tirso não é Cuba disse...

Vejam a nova votação!